Homem acusado pela morte de pediatra em Barra se entrega à polícia

Homem acusado pela morte de pediatra em Barra se entrega à polícia

O homem apontado como provável mandante do crime de homicídio do médico pediatra Júlio César na cidade de Barra no último dia , se apresentou na 11ª COORPIN da cidade de Barreiras e foi preso. O autor foi identificado como Diego Cigano. Ele segue à disposição da justiça. 

Diego estava foragido desde o dia do crime.  À época a Polícia Civil já realizava buscas em três possíveis locais onde ele poderia estar escondido.

Apesar de Diego ser apontado como mandante do crime, a família do médico acredita que Diego Silva tenha sido um intermediário entre a pessoa que encomendou o assassinato e os executores.

Até então, quatro suspeitos já foram presos. Dentre eles estão os executores do crime e um casal. Os três homens foram encaminhados para a penitenciária de Barreiras e a mulher está presa na delegacia de Barra. A polícia segue em busca do mandante do crime.

As investigações da Polícia Civil sobre o assassinato do médico pediatra Júlio César de Queiroz Teixeira, constataram que os envolvidos no crime receberam R$ 4 mil reais. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA),a motivação do homicídio teria se dado por um suposto assédio sexual por parte do médico à esposa do mandante do homicídio. 

Fonte: Bahia Notícias

Comentários

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Irecê Repórter, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.